Tag

inglesa

Noivos

Saiba os tipos de serviço à mesa, que os buffets normalmente oferecem

Você sabia que, além do usual estilo americano de serviço à mesa (estilo americano: pontos de buffet onde as pessoas se servem), ainda existem outros tipos?

E, principalmente se você for organizar seu casamento sozinha, anota tudo! Porque nenhuma noiva merece não saber todas as possibilidades que ela poderia considerar.

Então vamos lá:

  1. Serviço à americana (ou buffet)

A principal característica aqui é: o convidado levanta para se servir em um ponto de buffet.

Para casamentos com mais de 100 convidados, é aconselhado ter mais um ponto de buffet (somando 2) para até 300 pessoas, e a partir desta quantidade de convidados, e de acordo com a capacidade do local, acrescentar-se mais pontos de buffets.

É a opção mais usual, por ser econômica, e também pela facilidade de se manter a comida quente na temperatura adequada até o momento do consumo.

2. À inglesa (ou empratado)

A principal característica aqui é: o prato vem montado da cozinha.

É mais elegante que o à americana, pois o prato vem com toda uma apresentação, o que traz a sensação de harmonia para o convidado.

Um cuidado que sua assessora deve ter aqui é: a quantidade de garçons e o timing da cozinha devem estar super ensaiados, para que, quase numa coreografia, todas as mesas sejam servidas com excelência e, ao mesmo tempo (ou quase ao mesmo tempo). É chato o prato de metade da mesa chegar e demorar a chegar o prato da outra metade.

3. À francesa

A principal característica aqui é: mesa posta completamente e o garçom trazer a comida à mesa, para que o próprio convidado se sirva.

É a opção mais sofisticada, e é também a mais custosa e que demanda maior tempo. Normalmente, é acompanhada de uma série de regras de etiqueta, e ficam ideias para eventos mais formais.

4. Finger food

A principal característica aqui é: você pode comer em pé, sentado, andando, ou em qualquer lugar, pois precisa de uma mão para segurar o recipiente, e a outra para segurar o talher.

É uma opção excelente para casamentos mais fluidos, sem muita formalidade, com público mais jovem e descontraído.

A apresentação da comida é outro ponto forte: as mini porções são apresentadas de forma harmoniosa.

Se você está pensando em servir finger food, pode colocar outros tipos de lugares para seus convidados se sentarem, que não sejam uma mesa posta para jantar. O finger permite que seja utilizados lounges e mesas bistrô também como locais para a refeição, por conta da praticidade.

 

É isso, galera.

Espero ter ajudado.

Comenta aqui: qual vai ser o tipo de serviço de mesa no seu casamento?

Ah, e se você ainda não solicitou sua Big List com todos os itens que você precisa se atentar ao organizar o seu casamento, clica AQUI pede já a sua.

Beijos!

Cynthia Tukahara